O crime da Pesca


Esta postagem é baseada num artigo que li numa revista de vegetarianos e que achei muito interessante:
Chamar siris, camarões, ostras, lagostas e outros habitantes dos mares de "frutos do mar" é cruel e sinistro. O que a indústria pesqueira faz é arrancar com brutalidade bilhões de animais de seu ambiente natural. O camarão é o "fruto" mais caro à vida marinha: para cada quilograma que chega ao consumidor final, são massacrados "acidentalmente", cerca de 20 quilos de outros seres. Algas, crustáceos, corais, polvos, inúmeras espécies de peixes e uma quantidade significativa de tubarões, arraias, tartarugas, focas, pássaros marinhos, golfinhos e baleias morrem ou ficam gravemente feridos pelas hediondas redes de arrastão.
A cada ano, cerca de 150mil tartarugas são dizimadas pelas cruéis redes de pesca de arrastão no mundo inteiro. Supostamente feita para camarões, a mesma armadilha mata mais de mil mamíferos marinhos, "sem querer", todos os dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário